Este site usa cookies.
Os cookies usados no website não armazenam nenhum dado pessoal.
Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.

Aceitar & continuar a navegar

Voltar para às Novidades

Cortes de Cima Reserva 2011 - Dez Tintos e Brancos para a Ceia de Natal

"Os deliciosos dilemas do vinho para o bacalhau" -  Pedro Garcias,  FugasVinhos - Público

"O ano de 2011 foi muito bom um pouco por todo o país. No Alentejo, foi mesmo memorável. O mais recente Cortes de Cima Reserva, que acaba de sair, é provavelmente um dos melhores de sempre deste produtor. Em prova cega com outros quatro tintos de valia semelhante enganou-nos bem, ao ponto de lhe termos vislumbrado um certo perfil Bairrada, tal é o seu vigor tânico e frescura. É um vinho que alia uma acidez e uma frescura vegetal pouco comuns para o Alentejo a uma componente frutada muito apelativa e saborosa e a uma grande solidez tânica, o que se explica pela junção no lote de castas tão antagónicas como o Aragonez, o Petit Verdot, a Touriga Nacional e a Syrah. Está muito bem feito e é difícil ficar-lhe indiferente. Não é barato, mas, como tem acontecido com as colheitas anteriores, as 9900 garrafas que foram produzidos deverão esgotar rapidamente, tal é o culto existente em torno deste vinho." - P.G.